11 de abril de 2011

22 #Carta para um estranho

Não me apetece escrever para aqueles que vejo todos os dias, que falo todos os dias, com quem lido todos os dias (...) são rotina. Eles conhecem-me, só dão ordens e conselhos, sabem de mim. Querem saber onde vou, com quem vou, os como e os porquê. 
Tu não, não entras no meu mundo, estás de fora. Não te conheço, nem o teu nome sei (...)
Tenho a consciência daquilo que quero, apesar de precisar de ajuda, eu sei escolher o meu caminho, e por mais errada que esteja, chegarei (quase) sempre ao caminho certo. 
Eles não sabem nada nem entendem, e tu ?

8 comentários:

  1. , adorei o blog . sigo-te, também me acompanhas ? beijinhos ;D

    ResponderEliminar
  2. Sigo o teu podes seguir o meu pf?

    ResponderEliminar
  3. gostei bruna , gostei muito (:

    ResponderEliminar
  4. acho que ngm o quer (:
    de nada!

    ResponderEliminar
  5. pois é pois é :x

    ResponderEliminar

Your opinion makes me grow.